15 de julho de 2016

Trabalho de base

SINPUC REALIZA REUNIÃO DE PLANEJAMENTO EM NOVA PALMEIRA

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Curimataú e Seridó (SINPUC) realizou na tarde de ontem, em Nova Palmeira, uma reunião com todos os seus diretores, delegados de base e conselheiros fiscais.

“Chamamos todos para uma avaliação das ações de base e para deliberar para uma reforma estatutária e ocupação das vacâncias nos cargos da direção”, informou o Secretário Geral, Sebastião Santos.

Como encaminhamento ficou deliberado que a reforma será realizada através de uma assembleia específica. Os sindicalistas também definiram um calendário de reuniões ordinárias para a direção bem como a criação e manutenção de coletivos temáticos como mulher, juventude, saúde e segurança do trabalhador.

13 de julho de 2016

Planejamento

SINPUC CONVOCA DIRETORES, DELEGADOS DE BASE
E CONSELHEIROS FISCAIS PARA REUNIÃO


O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Curimataú e Seridó (SINPUC) realizará uma reunião nesta quinta-feira, 14, com todos os seus diretores, delegados de base e conselheiros ficais.

O evento será na sede do sindicato, na cidade de Nova Palmeira, e terá início às 14h.

A pauta prevista inclui informes gerais, discussão do encontro regional de mulheres, retificação da direção do sindicato, alteração do estatuto social e estabelecimento de um cronograma de reuniões.

Edilândia Ferreira, presidente do SINPUC, afirmou que a participação dos convocados “é de extrema importância” para a melhoria dos trabalhos na base sindical.

20 de junho de 2016

São Vicente do Seridó

SERVIDORES REALIZAM ATO PÚBLICO EM DEFESA DE SEUS DIREITOS

Servidores do município de São Vicente do Seridó se concentraram, ao lado da EMEF Cícero dos Anjos, na manhã desta sexta (17), para realizar um ato público contra o descaso na administração local.

Além da regularização dos vencimentos, os trabalhadores reivindicam o estabelecimento de uma data-base para o crédito dos seus salários, um cronograma para a concessão de licenças-prêmio, férias com recebimento do 1/3, cumprimento de carga-horária em conformidade com a Lei do Piso, fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual de acordo com a Política Nacional de Saúde e Segurança do Trabalhador (PNSST), Plano de Cargos, Carreira e Remuneração da Saúde (PCCRS) e regulamentação da jornada de trabalho de 12 horas, com seguido descanso de 36 e 24 horas com descanso de 72.

Dirigentes integrantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Curimataú e Seridó (SINPUC), do Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Cubati (SINTMUC) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT) estiveram no ato e defenderam os servidores de São Vicente do Seridó.

Os sindicalistas analisaram a situação do município e afirmaram que o problema maior em São Vicente é a falta de planejamento da administração.

A presidente do SINPUC, Edilândia Ferreira, reconheceu a existência de uma crise nacional, mas destacou que os trabalhadores são os mais prejudicados.

O secretário geral, Sebastião Santos, afirmou que o sindicato continua aberto ao diálogo, mas lembrou que já não é mais possível aceitar acordos sem a concretização de medidas para reverter as ilegalidades.

Ao encerrar os discursos, os dirigentes foram unânimes em alertar a administração sobre a possibilidade de novas paralisações.