sábado, 21 de fevereiro de 2015

Luta

DIRIGENTES DO SINPUC COBRAM CORREÇÃO
DE SALÁRIOS EM NOVA PALMEIRA

Dirigentes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Curimataú (SINPUC) se reuniram, na última quinta-feira (19), com gestores do município de Nova Palmeira para reivindicar o reajustamento dos salários dos servidores que recebem acima do mínimo nacional e que estão submetidos a arrocho por causa do congelamento de seus ganhos. No encontro foi discutida ainda a reforma do Plano de Cargos e Salários do município.

O presidente do SINPUC, Sebastião Santos, e a secretária de Finanças, Elisabete Dantas, foram recebidos pelo prefeito, José Felix (Zinho), secretário de Administração, João Medeiros, e pelo contador, Sérgio Torres.

Sebastião Santos afirmou que a situação de arrocho salarial dos servidores que ganham acima do mínimo fere o princípio da legalidade porque, de acordo com a Constituição Federal, os salários dos trabalhadores não podem ser reduzidos. Com a ausência de aumento, o pessoal dos níveis técnico e superior acaba sofrendo com as perdas geradas pela inflação. “Além desse contingente, a prefeitura precisa implementar uma política salarial mais adequada para motoristas e eletricistas”, disse o presidente do SINPUC.

Posição da prefeitura

João Medeiros e Sérgio Torres apresentaram um demonstrativo de despesas com folhas de pessoal e afirmaram que a situação financeira do município já está no limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Apesar do aperto, os gestores se comprometeram em avaliar a situação com mais atenção. “Eles vão aguardar o fechamento dos números de janeiro e fevereiro para ver como vai se comportar esse limite com as folhas de pessoal e ver o que pode ser feito”, informou Sebastião Santos.

O prefeito falou sobre as dificuldades com as quedas de receitas e disse entender a reivindicação do sindicato.

José Felix concorda com os argumentos dos dirigentes e também acha injustos os salários que estes profissionais recebem. Felix se comprometeu em avaliar a reivindicação do SINPUC.

A limitação do momento, segundo José Felix, é a falta de recursos. O prefeito disse que tem interesse em receber os dirigentes sindicais, mais uma vez, em março. No próximo mês o gestor já pode ter um diagnóstico técnico-financeiro e avaliar se a prefeitura vai poder atender a reivindicação de reajuste.

Na oportunidade a equipe técnica vai apresentar os limites de comprometimento com a folha, na perspectiva de atender, segundo informou o presidente do SINPUC, as reivindicações do sindicato. “A perspectiva é que, com cortes de gratificações e outros adicionais, poderá ser concedido um reajuste”.

“Iremos cobrar de todos os municípios de nossa base uma solução para rever o achatamento salarial dos servidores que se enquadram nesta situação”, garantiu Sebastião Santos.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Sucessão

SINPUC CONVOCA ASSEMBLEIA
PARA DEFINIR COMISSÃO ELEITORAL

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Curimataú (SINPUC) convoca os servidores filiados de Baraúna, Damião, Frei Martinho, Nova Palmeira, Olivedos, Pedra Lavrada e Picuí para uma assembleia-geral que ocorre nesta sexta-feira (20) na sede do sindicato, em Nova Palmeira.

O objetivo da assembleia é a escolha dos integrantes da Comissão Eleitoral que coordenará o processo de sucessão da Diretoria-executiva e do Conselho Fiscal do SINPUC.

O edital foi lançado no dia 05 de fevereiro e as inscrições das chapas concorrentes começaram hoje. Os candidatos poderão registrar suas chapas até o dia nove de março. As eleições ocorrem no dia 10 de abril.

A assembleia de amanhã está marcada para às 15h30, em primeira convocação. Em caso de insuficiência de quórum, a segunda convocação ocorre às 16h, com a presença de qualquer número de sócios.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Sucessão

SINPUC CONVOCA ELEIÇÕES PARA NOVA DIRETORIA

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Curimataú (SINPUC) publicou, nesta quinta-feira, o edital das eleições para a nova diretoria da entidade, bem como para a composição do Conselho Fiscal e dos delegados de base dos municípios de Baraúna, Damião, Frei Martinho, Nova Palmeira, Olivedos, Pedra Lavrada e Picuí.

As inscrições das chapas começam no dia 19 de fevereiro e seguem até nove de março. As eleições estão marcadas para o dia 10 de abril de 2015. O início da votação será às 07h e, o término, às 16h.

A captação dos votos será feita através de seis urnas. Uma ficará na sede do SINPUC, em Nova Palmeira. Duas serão disponibilizadas para o município de Picuí, sendo que uma ficará na subsede do sindicato e, a outra, será itinerante. Três urnas itinerantes colherão os votos nos municípios de Baraúna, Frei Martinho, Pedra Lavrada, Damião e Olivedos.

A chapa que obtiver a maioria simples dos votos será vitoriosa. Em caso de empate ou insuficiência de quórum, novas eleições serão realizadas no dia 22 de abril e seguirão os mesmos procedimentos do primeiro turno.

A posse dos eleitos ocorre imediatamente após a apuração dos votos.

Veja, ao lado, o edital de convocação.