1 de agosto de 2018

Em Nova Palmeira

SINPUC CONVOCA TODOS OS SERVIDORES DA BASE
PARA ASSEMBLEIA GERAL

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Curimataú e Seridó (SINPUC) convocou, através de edital publicado ontem, todos os sócios de Nova Palmeira, Pedra Lavrada, Nova Floresta, Picuí, Frei Martinho, São Vicente do Seridó, Olivedos, Baraúna e Damião para uma assembleia geral extraordinária na sede do sindicato, em Nova Palmeira.

A primeira convocação está marcada para 15h30, do dia 08 de agosto com 50% dos sócios. Se o quórum regimental não for atingido, a assembleia será instalada às 16h, com quaisquer números de filiados.

Informes gerais, escolha de um representante para os Conselhos Fiscal e Administrativo do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Nova Palmeira (IPSENP), campanha de filiação sindical e discussão sobre a paralisação do “dia do basta” prevista para 10 de agosto, estão na pauta.

Dia do basta

Tião Santos, presidente do SINPUC, quer discutir com os servidores a onda de ações do governo e do Congresso Nacional que retiram direitos da classe trabalhadora do Brasil.

O dirigente explica que as transformações no país atingem a população do Seridó e Curimataú. No plano nacional, de acordo com a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a situação é problemática. No final de 2014, por exemplo, 6,5 milhões de pessoas estavam desocupadas. Em maio, o número saltou para 13,2 milhões.

Aliado ao desemprego, testemunhamos o aumento do custo de vida. O preço da gasolina foi elevado em 31%. O do gás de cozinha, em 17,2%.

Ainda segundo a CUT a reforma trabalhista, por exemplo, fragiliza a ação de sindicatos e flexibiliza direitos históricos da força produtiva nacional. A preocupação dos dirigentes do SINPUC é que os efeitos disso são sentidos tanto nos grandes centros, quanto nos municípios da base no Curimataú e Seridó.

A CUT lançou um documento de orientação aos sindicatos e demonstrou que as multinacionais se aproximam do mercado brasileiro em busca de lucro fácil e regras frouxas. As privatizações já começaram no setor de energia dos estados, denunciam os sindicalistas. A previsão da central é que, em curto prazo, o país será tomado por demissão em massa e aumento da conta de energia.

12 de julho de 2018

Damião

SINPUC REALIZA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA


Os servidores municipais de Damião se reuniram em assembleia geral extraordinária, nesta quarta-feira, 11, para deliberarem ações relacionadas a perdas de direitos. Ainda na assembleia foi escolhido um novo delegado de base para representar os auxiliares de serviços gerais.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Curimataú e Seridó (SINPUC), Tião Santos, a pauta inicial previa a discussão de mudança de níveis das categorias funcionais e a escolha do novo delegado.

“A assembleia contou com a participação de todas as categorias. Foi bastante proveitosa”, informou Tião Santos.

Pagamento de progressão funcional e do 1/3 do piso salarial nacional dos profissionais da educação referente ao período de 15 dias de férias do meio do ano, além do não atendimento a requerimentos formais dos servidores foram deliberados na assembleia.

Tião explicou que apenas os quinquênios estão sendo pagos pela administração. As progressões funcionais e o retroativo do 1/3 do salário dos profissionais da educação referentes ao período indicado serão exigidos via ação judicial.

O presidente informou ainda que os servidores que promoverão ações através da assessoria jurídica do sindicato deverão providenciar os contracheques de janeiro e dezembro de 2013, dezembro de 2017, além do último contracheque recebido em 2018. Além disso deverão encaminhar também os documentos pessoais e um comprovante de residência.

A nova delegada de base do município é a motorista Maria Naldileide Azevedo Casado, lotada na Secretaria de Saúde.

2 de julho de 2018

Opinião

IMPOSTO SINDICAL E SINDICALIZAÇÃO

Janiel César

A decisão de tornar facultativo o imposto sindical tomada pelo Supremo no dia 29 de junho não afeta os sindicatos que realmente desenvolvem ações em suas bases.

Contudo, é importante ressaltar que o movimento precisa financiar suas ações. A orientação da Central Única dos Trabalhadores (CUT), em reportagem veiculada em seu site no mesmo dia da decisão do STF, é efetivar a cobrança mediante decisão de assembleia.

A CUT sempre foi uma defensora histórica da contribuição facultativa. Apesar disso, a Central se preocupa com o endossamento da reforma trabalhista no STF.

Segundo Quintino Severo, secretário de Administração e Finanças da Central, “a CUT vai continuar atuando e orientando seus sindicatos a buscarem uma sustentação autônoma”.

Com uma média de sindicalização de 33%, contra 11% da média mundial, não há dúvidas que a CUT é uma Central reconhecida pela sua base e o SINPUC é parte dela.

________
Janiel César é secretário de Comunicação do SINPUC.