quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Comemoração

SINPUC, SISEBAN E CUT COMEMORAM O DIA
DO SERVIDOR PÚBLICO EM BANANEIRAS


A cidade de Bananeiras, no Brejo Paraibano, recebeu ontem mais de 400 cutistas para a comemoração do Dia do Servidor Público.

Dirigentes e sindicalizados dos municípios de Bananeiras, Dona Inês, Belém, Casserengue, Nova Palmeira, Frei Martinho, Solânea, Cuité de Mamanguape, Serra da Raiz, Tacima, Pirpirituba, Capim, Matinhas, Sertãozinho e Riachão, juntamente com seus familiares, promoveram um ato público em frente ao Grupo Escolar Xavier Júnior e, em seguida, caminharam até o Colégio Agrícola Vidal de Negreiros, no Campus III da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Após o ato foi realizada uma breve palestra no auditório do Hotel Eco Spazzio Tropical. Dirigentes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), juntamente com sindicalistas do Brejo, falaram sobre a importância do trabalho dos servidores para os municípios e relacionaram as atividades desses trabalhadores com o desenvolvimento local.

Às 13h foi servido um almoço comemorativo, com direito a show musical. Em seguida, os servidores puderam desfrutar das comodidades do hotel e passaram a tarde na piscina, restaurante e salas de jogos do Eco Spazzio Tropical.

O Sindicato dos Servidores Municipais de Bananeiras (SISEBAN) recepcionou as delegações durante o evento no município.

Importância estratégica

O serviço público municipal é realizado pelas diversas categorias funcionais que ocupam cargos nas administrações públicas locais.

A CUT está ligada a mais de 150 sindicatos na Paraíba. Só o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Curimataú (SINPUC) representa 1933 trabalhadores distribuídos entre as cidades de Baraúna, Damião, Frei Martinho, Nova Palmeira, Olivedos, Pedra Lavrada e Picuí. Apesar do número de trabalhadores efetivos nessas localidades, o SINPUC tem pouco mais de 700 filiados em sua base.

Em 2011 o sindicato fez um estudo sobre o impacto econômico das folhas de pagamento na economia do Curimataú. De acordo com os números, os municipais ligados ao SINPUC injetam R$ 26.658.543,55 por ano na economia da região. A cada mês o valor é de R$ 2.221.545,30. Com esse dinheiro os servidores são capazes de comprar, todos os anos, uma frota de 2.153 carros populares zero quilômetro.

Ampliação de diagnóstico

Tomando o estudo do SINPUC como referência e desconsiderando municípios maiores como Campina Grande, João Pessoa, Guarabira, Patos e Cajazeiras, os municipais têm um poder econômico, garantido pelas folhas de pagamento, da ordem de R$ 2.326.753,51 por dia.

Há a necessidade de ampliação desse estudo para todo o estado, atualização da sua metodologia de pesquisa e revelação de novos números.

O diagnóstico econômico gerado a partir da visão sobre os municipais poderá ampliar políticas de cooperação com setores privados, nas áreas de produtos e serviços e, ainda, permitir a gestão de políticas públicas específicas para os servidores na área governamental.

O SINPUC desenvolveu a metodologia do estudo, tem a experiência do primeiro levantamento e pode coordenar um novo trabalho, com a inclusão de todos os 223 municípios da Paraíba, caso a CUT avalie como necessário.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Homenagem

O PROFESSOR, OS NOVOS CIDADÃOS
E O DESENVOLVIMENTO DO BRASIL

Um quinto da população brasileira frequenta a escola. Somos a sexta economia do mundo e estamos em 88º lugar no ranking internacional de desenvolvimento da educação da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Os dados não deixam dúvidas: o professor da educação básica, que atua em escolas do interior do país, é o profissional responsável por 40 milhões de alunos e desempenha um papel estratégico para o desenvolvimento nacional.

Dois atores são fundamentais para a existência de escolas: o primeiro é o aluno e, o segundo, é o professor. O aluno é um cidadão em formação. O professor é o sujeito que ajuda esse novo cidadão na sua caminhada e na sua relação com o mundo.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Curimataú (SINPUC) tem batalhado, incansavelmente, para que os professores de sua base tenham os seus direitos garantidos. O SINPUC tem sido uma instância de luta para que os educadores dos municípios de Baraúna, Damião, Frei Martinho, Nova Palmeira, Olivedos, Pedra Lavrada e Picuí sejam contemplados com melhorias salariais, planos de carreira e formação permanente.

O SINPUC acredita e reconhece a posição estratégica que os profissionais docentes exercem nesses municípios. As práticas dos professores comprometidos são o fundamento para que outros profissionais surjam no cenário nacional.

O Plano Nacional da Educação (PNE), apresentado recentemente pelo governo federal, a instituição do piso nacional, a construção de novas escolas e o investimento em tecnologias modernas que auxiliarão as práticas pedagógicas, são bons indicadores para fazer do Brasil uma nação preparada para enfrentar os seus próprios desafios.

Neste contexto volta à cena a figura do professor contemporâneo, um sujeito que “ensina aprendendo”, em parceria com um “sujeito que aprende ensinando”, nas palavras de Paulo Freire.

Aliado a tudo o que tem sido feito atualmente para mudar a educação brasileira queremos, sempre, que o professor seja o foco de uma política que forme cidadãos capazes e motivados para tornar o Brasil cada vez maior.

Parabéns professor, pelo seu dia, sua importância e, principalmente, pela formação dos novos cidadãos brasileiros dentro das regiões do Seridó e Curimataú paraibanos!

Receba esta homenagem da Diretoria do SINPUC.

Nova Palmeira-PB, 15 de outubro de 2014

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Articulação

REDE DE COMUNICAÇÃO DA CUT-PB 
REALIZA ENCONTRO EM JOÃO PESSOA

O Coletivo de Imprensa da Central Única dos Trabalhadores na Paraíba (CUT-PB) se reuniu ontem (23) em João Pessoa para debater as atividades de comunicação sindical no estado.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Curimataú (SINPUC), compareceu à reunião e foi representado pelo assessor de comunicação, Manassés de Oliveira. Sindep, Sinter, Sintep, Sinttel, Sintricom, Sindjornalistas-PB, Sintserf, Sindtextil, Seeb de Campina e João Pessoa e Sinspmi-Fespem, além do Movsocial também mandaram representações para o encontro.

Pauta e encaminhamentos

A proposta da CUT é melhorar e ampliar a comunicação na rede intersindical. Para isso vai oferecer, já a partir de novembro, três oficinas de capacitação e atualização de quadros na área comunicativa.

As formações serão compartilhadas pelos diversos sindicatos cutistas. A primeira oficina será ministrada pela assessoria de comunicação do SINPUC e terá a produção jornalística como tema. O sindicato dos bancários de João Pessoa vai sediar o evento.

Após a primeira formação, os participantes vão definir a data da segunda. Estão previstas mais duas capacitações. Uma sobre fotojornalismo e outra sobre comunicação digital com utilização de mídias móveis.

A oficina de fotojornalismo será ofertada pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Paraíba (SINDJORNALISTAS-PB) e ministrada pelo presidente da entidade, Rafael Freire. A de comunicação digital com utilização de mídias móveis será ministrada por Emmanuela Leite Nunes, assessora de comunicação da CUT-PB.